Portugal com boas expectativas após primeiro dia de prova no Japão

Hoje foi dia de qualificações para as portuguesas presentes no Campeonato do Mundo de Ginástica Artística Feminina.


Filipa Martins, Maria Mendes e Rafaela Ferreira apresentaram-se confiantes nos 4 aparelhos, somando um total de 53.032, 47.033 e 43.698 pontos, respetivamente.

Filipa tem fortes possibilidades de alcançar as finais de All-Around e Paralelas Assimétricas e confessa estar muito contente com o regresso ao Japão e com a prestação de hoje.


“Fiquei muito contente por ter conseguido realizar uma prova limpa e ter cumprido com as expetativas. Está a ser um ano muito preenchido em termos de competições e foi bom ter mantido o nível mesmo após a participação nos Jogos Olímpicos. Estar de volta ao Japão é sempre especial. A cultura, as pessoas… É pena não conseguirmos usufruir plenamente da experiência. Devido à situação do covid acabamos por ter muitas restrições mas os ginastas continuam unidos. Apoiamo-nos muito umas às outras, tanto dentro da nossa subdivisão como no geral. Sentimos também muito o carinho dos portugueses que estão a torcer em casa por nós. A equipa tem estado muito coesa e sendo eu a ginasta mais experiente tenho tentado proporcionar à Maria e à Rafaela uma boa experiência. Estou sempre disponível para as ajudar no que precisarem, orientar e dar força. Sinto uma responsabilidade acrescida por isso.”


Para Maria e Rafaela esta foi a estreia nos eventos deste calibre e ambas afirmam estar felizes e orgulhosas por representar as cores da bandeira nacional.

Maria Mendes: “ Adorei ter tido a oportunidade de representar Portugal no Campeonato do Mundo e de poder competir ao lado das melhores ginastas. Durante toda a competição senti um grande apoio por parte de toda a equipa. Agradeço muito esta experiência!”


Rafaela Ferreira: “A competição correu bem mas há sempre espaço para fazer melhor. Estou muito contente por ter ultrapassado alguns medos e ter cumprido com as expetativas!

Sempre adorei o momento em que nos estamos a preparar para fazer um exercício e ouvimos chamar por Portugal. Estou a gostar da experiência e de estar tão perto de grandes ginastas. Não conseguimos ter muito contacto entre equipas por causa da pandemia, tem sido mais quando nos cruzamos no pavilhão mas tem sido bom ver os treinos dos outros países.

Como nesta prova não esteve presente a minha treinadora, acabou por ser uma experiência muito diferente mas senti sempre o apoio das treinadoras que nos acompanharam. Adaptei-me bem.

Agora é trabalhar para continuar a melhorar e poder partilhar de novo estas emoções e vivências.”


As ginastas aguardam ansiosamente o dia de amanhã para conhecerem as classificações finais.


Fotografia créditos: FGP/Filippo Tomasi


#FGP #japao #GAF #campeonatodomundo #CM2021 #equipa #portugal #macron #jogossantacasa #santacasalisboa #odesportotemtodoonossoapoio #gimargym


217 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo